Blog Aeroplanos

11MAI/2017

3 DICAS PRA DEFINIR O SALÁRIO DO DONO

Você sabe o que é “pró-labore”?

A expressão “laborar” significa “trabalho”. Pró-labore, então, é a remuneração do empresário pelo trabalho que ele realiza na empresa .

Um dos problemas de ordem financeira que ocorre com certa frequência nas pequenas empresas é a confusão entre o “pró-labore” e o lucro do negócio.

Muitos empresários colocam a mão no dinheiro do caixa sem ter o cuidado de saber se o dinheiro realmente lhe pertence.

É bastante comum encontrar empresas onde o dinheiro da empresa se mistura ao dinheiro de seu proprietário. Em alguns casos, itens como “jantar com a família” ou “férias na praia” apareçam em meio às despesas da empresa. É preciso que o empresário perceba que o controle de seus gastos pessoais deve ser feito à parte dos controles da empresa. É interessante definir um valor mensal que faça jus ao seu esforço e seja suficiente para pagar as contas pessoais, e que esse valor seja administrado separadamente. Assim, fica mais fácil saber o lucro do negócio, que, preferencialmente, deve ser utilizado para o crescimento das operações da empresa, e não para aumento do patrimônio do próprio empresário.

Caso os negócios estejam indo bem, estabeleça um novo valor para a sua retirada e reprograme seus investimentos pessoais.

Mas não esqueça: mantenha firme seus controles financeiros, principalmente as despesas da empresa, e evite surpresas desagradáveis no futuro.

Aqui vão três recomendações importantes para estabelecer o quanto sua empresa pode lhe pagar:

  1. Implante a cultura do fluxo de caixa! Tenha controle de tudo o que entra e sai de dinheiro na empresa e faça projeções para os próximos meses. Assim você saberá qual a necessidade de capital de giro do negócio e poderá estabelecer valores para sua retirada que não impactem negativamente na saúde financeira da empresa.
  2. Organize suas contas pessoais. Normalmente quem não controla suas despesas de forma eficiente tende a gastar mais. Estabeleça datas de pagamento para suas despesas e registre o que você gasta, agrupando por categorias.
  3. Defina um valor mensal de retirada assim que possível. É comum que no início da operação a empresa não possa lhe pagar o que você merece. Mas, principalmente se você depende dela para sobreviver, é importante que a empresa possa lhe sustentar minimamente. Por isso é tão importante elaborar seu Plano de Negócio ao iniciar a operação. Normalmente recomendo o seguinte: estabeleça o mínimo que você precisa para sobreviver e o máximo que poderia retirar da empresa sem prejudicar o negócio. Defina então um valor dentro dessa faixa, e siga ajustando de forma coerente com o crescimento do negócio.
Compartilhe:


Contatos

VH Consultores
Rua Padre Carapuceiro 752 sala 1404 - Boa Viagem - Recife - PE

Telefone
(81)3461.4986

E-mail
contato@vhconsultores.com.br